Análise da 10ª Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup

Escrito por Tiago Soares ligado . Publicado em Pharma Futsal Cup

De seguida, apresentamos a análise da 10ª e última Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup, com um breve resumo de cada uma das partidas da divisão: 

3 Jogos Disputados

23 Golos Marcados

2 Cartões Amarelos

0 Cartões Vermelhos 

Janssen 2 – 4 Novartis

Este encontro era um dos poucos motivos de interesse da jornada final, uma vez que, com os lugares cimeiros definidos, restava saber quem ficaria na cauda da tabela classificativa. No frente a frente entre as duas formações azuis, a Novartis levaria a melhor, perante uma Janssen que só se pode queixar de si mesma e da sua escassa percentagem de aproveitamento no capítulo da finalização. Se a Novartis demonstrou um ligeiro ascendente no primeiro tempo, altura em que capitalizou essa vantagem com dois golos, contra apenas um da Janssen, saindo para o intervalo a vencer por duas bolas a uma, no segundo tempo, apesar de ter somado mais dois tentos, pode dizer-se que, caso o adversário tivesse concretizado metade das oportunidades criadas, seguramente, o resultado seria diferente. E o grande “salvador” da pátria foi mesmo o guardião Paulo Rodrigues, que rubricou um punhado de defesas de altíssimo nível e ajudou a manter a sua baliza inviolada durante largos minutos. O cadeado que fechava a baliza inspirou o irrequieto Roberto, que foi abrindo o livro lá na frente e adoçando a boca de Carlos Viegas, que demonstrou qualidade para se bater por um lugar na equipa titular. Em suma, os três pontos da vitória acabam por segurar o quarto lugar da Novartis, relegando a Janssen para a penúltima posição, classificação que irão tentar mudar já na próxima temporada.

MVP Janssen: Bernardo Rodrigues

MVP Novartis: Paulo Rodrigues (GR)

Resumo: https://www.youtube.com/watch?v=AcAgtN7YTfQ  

GILEAD 1 – 6 ANF

O jogo da consagração da ANF, trazia-lhes uma tarefa aparentemente fácil e, quem olhar única e exclusivamente para o resultado, dirá que esta foi uma vitória fácil para a ANF, contudo, os números são bastante enganadores, porque, ao contrário daquilo que os mesmos evidenciam, este foi um triunfo carimbado apenas nos últimos minutos. Os primeiros instantes da partida foram altamente rotativos, com 4 golos em outros tantos minutos, três para o lado dos novos campeões e apenas um para a GILEAD. Dito isto, poder-se-ia concluir que a formação vermelha e branca iria sucumbir novamente por larga escala, perante outro dos tubarões da prova, no entanto, ao contrário daquilo que a tendência apontava e, apesar de estarem reduzidos a apenas cinco atletas, mais uma vez, assistimos a uma enorme exibição destes cinco bravos guerreiros, que venderam muito cara a derrota. O primeiro tempo não teve grande história, para além destes frenéticos minutos iniciais, tal como o início da segunda, que também não contou com grandes motivos de interesse. Estes estavam guardados para a recta final do encontro, altura em que a ANF voltou a colocar a carne toda no assador e a carregar no acelerador, disparando novamente no placard e acabando por vencer por larga margem, no entanto, em boa verdade, a GILEAD merecia algo mais desta partida, quanto mais não fosse, pelo elevado esforço a que se submeteram e, fica no ar a sensação de que, com um ou dois jogadores a mais, se calhar, a esta hora poderíamos estar a falar de um surpresa. Mas o que fica para a história é o resultado final e esse, confirma a nona vitória em dez possíveis da ANF, que comprovam a supremacia evidenciada ao longo de toda a temporada e que servirá de motivação para a próxima temporada, onde irão defender o título com unhas e dentes.

MVP GILEAD: Tiago Pereira (GR)

MVP ANF: Ruben Teixeira

Resumo: https://www.youtube.com/watch?v=-Lcyp5kj7DA   

Glintt 6 – 4 Alliance Healthcare

Apesar de já não “contar” para nada, este era um desafio aliciante para uma e outra equipa, que queriam vencer o seu adversário desta noite para que não restassem dúvidas quanto a quem deveria ou não ficar com o segundo lugar da classificação. Já com a medalha de prata confirmada, a Alliance Healthcare não queria deixar os créditos por mãos alheias e veio com tudo para tentar vencer uma formação da Glintt que, apesar de ocupar apenas a terceira posição, revelou-se sempre um dos adversários mais duros de bater. E este encontro não foi excepção, com a “Laranja Mecânica” a apresentar-se bastante inspirada e com faro de golo. E o golo era precisamente o motivo do último ponto de interesse da competição, isto é, a luta a dois pelo título de Melhor Marcador da prova, entre Tiago Mestre da Glintt e Tiago Serralheiro, da Alliance Healthcare, que partia com uma vantagem de dois tentos. Nos primeiros vinte minutos, nenhum dos dois fez o gosto ao pé, no entanto, o segundo tempo contou com vários golos de ambos, o que deu ainda maior colorido ao jogo. À saída para o intervalo, a Glintt vencia por duas bolas a uma, ganhando vantagem para o que restava jogar na etapa complementar. Os instantes iniciais da segunda parte foram muito equilibrados, com golos para ambas as partes, até que, entrou em acção Tiago “Pequeno Genial” Mestre, que respondeu ao golo do seu concorrente directo com um Poker que, não só o colocavam na liderança da corrida à Bota de Ouro, como confirmavam a vitória da sua equipa. Num último esgar de dor, Tiago Serralheiro conseguiu molhar novamente o bico, reduzindo o marcador e estabelecendo o 6-4 final e, igualando também Tiago Mestre, com catorze golos cada, ficando ambos com o troféu de Melhor Marcador.

MVP Glintt: Tiago Mestre

MVP Alliance Healthcare: Diogo Paulino

Resumo: https://www.youtube.com/watch?v=xTaDzrsJ6eU  

Chegámos assim ao final de mais uma temporada da Pharma Futsal Cup, naquela que terá sido, porventura, uma das mais competitivas e mais emocionantes de sempre, com seis equipas fantásticas, que se bateram até à última gota de suor pelo título e pela fuga aos últimos lugares. Esperamos que se tenham divertido e que tenham retirado boas ilações de tudo o que se passou ao longo das últimas semanas e dos últimos meses. Gostávamos que percebessem que, os nossos principais valores e o nosso maior orgulho são, o Fair-Play e a simples prática de um desporto apaixonante, como o futsal. Isto é aquilo que nos move e que nos faz trabalhar, dia após dia, semana após semana, época após época, em prol de algo que, indirectamente está, apenas e só, nas vossas mãos. 

Esperamos voltar a encontrar todos os participantes já daqui a umas semanas, para aquela que será a XXIV edição da prova e, aquela que se espera seja, à imagem da que acaba de terminar, das mais equilibradas e mais disputadas de sempre. Novas equipas e novos desafios aguardam-vos ansiosamente, numa época que durará até ao próximo mês de Abril. Até lá, aproveitem para repousar e não abusem das iguarias do Natal, porque a próxima edição promete ser durinha e uma barriguinha a mais não vai ajudar…  

Toda a informação disponível em tempo real através de www.facebook.com/linksport ou em http://linksport.pt/index.php/pharma-futsal-cup/xxiii-pharma-futsal-cup/1-divisao